Bolsonaro é golpista com política genocida para pandemia, diz Marina Silva

A mulher que mais concorreu à Presidência do Brasil, em 2010, 2014 e 2018, ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, é alvo frequente de críticas por falta de posicionamento. Nas últimas eleições, foi comparada nas redes sociais à Copa do Mundo, “por só aparecer de quatro em quatro anos”. É engraçado para você? Para ela, é machismo.

UOL Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *