“Jhon Jhon” é assassinado a pedradas e facadas dentro de residência abandonada

Um homem identificado como Jhonata Linhares Fernandes, de 22 anos, foi brutalmente assassinado a pedradas na cabeça e facadas por todo o corpo. O cadáver do homem foi encontrado em estado de decomposição durante a noite de domingo (4) dentro de uma residência abandonada no Beco União, avenida Rio Negro, bairro Santo Agostinho, zona Oeste da cidade.

De acordo com a 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram os próprios moradores do beco que encontraram o corpo após desconfiar de uma camisa encharcada de sangue posicionada na porta de onde o cadáver foi encontrado. A população entendeu a peça de roupa suja de sangue como espécie de aviso e decidiu entrar no espaço.

Ao entrar na casa abandonada as testemunhas logo foram surpreendidas pelo corpo de Jhonata já em estado de decomposição no chão. O jovem que também era popularmente conhecido como “Jhon Jhon” na área era morador do local e popularmente visado pelo envolvimento com o tráfico de drogas. 

O Departamento de Polícia Técnica Científica (DPTC) foi acionado e após perícia destacou que a vítima foi violentamente assassinada com pedradas na cabeça e facadas por todo o corpo. Ainda segundo o DPTC o cadáver estava no local há pelo menos três dias, desde a última sexta-feira (2). 

Familiares do jovem morto também compareceram à cena do crime e confirmaram o envolvimento dele com o tráfico de drogas. A Delegacia Especializada em Homicidios e Sequestros (DEHS) deu início às investigações do caso e não descarta a possibilidade de que o crime tenha sido consequência de um possível acerto de contas entre traficantes do bairro. 

A residência abandonada onde o corpo de “Jhon Jhon” foi encontrado era completamente marcada pelas siglas C.V, que faz menção a facção Comando Vermelho, um dos grupos criminosos que atuam no Amazonas. Após o reconhecimento do corpo e perícia técnica, o cadáver foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *