Gefron intensifica o policiamento efetivo nas fronteiras para garantir a segurança da população

Regulamentado pela lei estadual de nº 3.651, de 10 de setembro de 2020, o Gefron, foi criado com o intuito de implementar um policiamento específico para atuação e combate à criminalidade nas rodovias e estradas do Acre. Realizando patrulhas, operações emergenciais e abordagens com barreiras dinâmicas e fixas, o Gefron intensifica o policiamento efetivo nas fronteiras para garantir a segurança da população.

Composto por policiais civis, militares, penais e bombeiros militares, o Gefron atua desde outubro de 2019 nas fronteiras do estado, com Peru e Bolívia, intensificando operações de patrulhamentos intensivos voltados ao combate ao tráfico de drogas, contrabandos, furtos de veículos, descaminhos e outros crimes recorrentes em regiões fronteiriças.

No primeiro trimestre de 2021 houve um aumento de 38% de apreensões, contrabandos, descaminhos, apreensão de evasão de divisas e outros crimes, em comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Após o processo de contabilização dos itens apreendidos, os operadores fazem um balanço para verificar qual foi o prejuízo, em reais, que o crime obteve.

O Gefron já desfalcou uma média de R$ 13,5 milhões. Esse é o montante calculado com o valor estimado de mercadorias dos produtos apreendidos, tais como armas, drogas, veículos, embarcações e mercadorias contrabandeadas, entre outras. Além de 36 veículos recuperados, 22 motocicletas, 85.750 maços de cigarro, R$ 188 mil em espécie, US$ 15.650 dólares, 43 armas, 339 munições e 1.296 kg de entorpecentes de drogas ilícitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *