O Acre recebeu nesta sexta-feira, 16, mais 15.400 doses de vacinas contra a Covid-19. O lote foi desembarcado no Aeroporto Internacional de Rio Branco às 13 horas e seguiu para a Central da Rede de Frios estadual, onde será organizada a distribuição às regionais da Saúde.

A nova remessa conta com 9 mil doses da Fiocruz/Astrazeneca e 6,4 mil do Instituto Butantan/Coronavac. Para a imunização de novas pessoas, serão utilizadas 9 mil doses (idosos de 60 a 64 anos de idade). As demais, que correspondem a 5.110 vacinas, serão utilizadas para segundas doses de etapas anteriores, além da reposição de estoque estratégico de 1.290 doses para trabalhadores da Saúde e forças da Segurança e Salvamento, conforme documento do Ministério da Saúde (MS).

Já são 190.190 doses da vacina contra Covid-19 recebidas até agora. Foto Júnior Aguiar/Secom.

Com esse novo quantitativo, o Estado completa 13 remessas de vacinas contra a Covid-19, recebidas entre janeiro e abril, contabilizando 190.190 doses para vacinação, com 1ª dose de 123.390 pessoas; e 2ª dose de 66.800 pessoas, cuja discrepância ocorre por haver um intervalo maior, 90 dias, entre as doses da vacina da Fiocruz.

Entre os prioritários estabelecidos pelo MS, foram contemplados os seguintes grupos, com percentual de doses disponibilizadas aos municípios, subdivididos em 13 etapas até o momento, contemplando:

– 100% dos idosos institucionalizados, 1ª e 2ª dose;

– 100% deficientes institucionalizados, 1ª e 2ª dose;

– 100% indígenas aldeados, 1ª e 2ª dose;

– 100% trabalhadores da saúde indígena, 1ª e 2ª dose;

– 100% idosos acima de 90 anos, 1ª e 2ª dose;

– 100% idosos de 80 a 89 anos; 1ª e 2ª dose;

– 100% idosos de 75 a 79 anos 1ª e 2ª dose;

– 100% idosos de 70 a 74 anos; 1ª e 2ª dose;

– 100% idosos de 65 a 69 anos; 1ª e 2ª dose;

– 112% dos trabalhadores da saúde; 1ª e 2ª dose;

– 73% idosos de 60 a 64 anos, 1ª dose;

– 20% comunidades tradicionais ribeirinhas, 1ª dose;

– 24% Forças de Segurança e Salvamento, 1ª dose, que segue suspensa até decisão judicial.