O Ministério da Saúde informa que deverá receber, no próximo mês de maio, 4 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca por meio do consórcio global Covax Facility.  

O país aderiu à cota mínima do mecanismo para 20% de sua população no ano passado e, até o momento, recebeu pouco mais de 1 milhão de doses do imunizante por meio da iniciativa. O Brasil se aproxima de 50 milhões de doses distribuídas aos Estados, a maior parte delas pelo Instituto Butantan, mas tem enfrentado problemas para conseguir garantir que mais doses cheguem ao país.

O Ministério da Saúde deixou de divulgar a previsão de entregas até o fim do ano depois de não conseguir efetivar o cronograma pelo menos quatro vezes desde o início da vacinação, em janeiro.

El País