Governo suspendeu medida após 81% dos cidadãos ou residentes com mais de 16 anos terem recebido ambas as doses da vacina contra Covid-19

Os moradores de Israel saíram às ruas neste domingo (18) sem máscara depois do fim da obrigatoriedade de uso dispositivo ao ar livre em mais um passo em direção à normalidade, graças à vacinação em massa contra Covid-19 no país.

Com cerca de 81% dos cidadãos ou residentes com mais de 16 anos — a faixa etária elegível para a vacina Pfizer/BioNTech em Israel — tendo recebido ambas as doses, o contágio e as hospitalizações diminuíram drasticamente.

Mas a entrada de estrangeiros ainda é limitada e os israelenses não imunes que retornam do exterior devem se isolar, devido à preocupação com as variantes do novo coronavírus. O Ministério da Saúde local disse ter detectado sete casos de uma nova variante indiana em Israel, cuja potência está sendo avaliada.

“Estamos liderando o mundo agora no que diz respeito a emergir do coronavírus”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu a repórteres. “(Mas) ainda não terminamos com o coronavírus. Ele pode voltar.”

CNN