Os Ministérios da Cidadania e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) lançaram nesta segunda-feira (19) o Projeto Cuidar, cujo objetivo é o de conscientizar povos tradicionais e comunidades indígenas sobre os efeitos do uso de álcool e outras drogas.

Na data em que se comemora o Dia do Índio, a iniciativa é resultado de um acordo de cooperação técnica e quer reforçar as ações de proteção social. O primeiro público beneficiado será o da população indígena.

O início previsto das atividades é no segundo semestre deste ano, caso as condições de controle da pandemia de Covid-19 permitam. Nessa primeira fase, as ações devem ser desenvolvidas no município de Dourados (MS).

Em função da pandemia, o Projeto Cuidar só será realizado em comunidades que foram devidamente imunizadas, e onde as condições nacionais e regionais permitam a realização das atividades propostas de modo seguro.

Enquanto isso, no próximo mês os órgãos já farão as adaptações nos materiais didáticos para tornar a linguagem acessível, tanto para facilitar os trabalhos de conscientização como para auxiliar a compreensão do público-alvo.