MANAUS | Circulam, em redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas, vídeos gravados pelo próprio assassino de Everson Ferreira Duarte, 28, encontrado morto com a barriga aberta e vísceras expostas na última sexta-feira (23).Publicidade

Em um dos vídeos, o infrator enfia a mão na abertura que fez na barriga do cadáver e puxa as vísceras de Everson, dizendo que “a alma dele deve estar no inferno uma hora dessas”. Ele ri enquanto fica ensanguentado e diz “Já morreu mesmo, olha aqui o sangue dele na minha mão”.

No outro vídeo, Luiz Henrique parece se comunicar com algum membro de facção criminosa e até chora ao declarar lealdade ao homem. “Ta ligado que eu sou nós até o fim, mano. Eu matei o Everson, mano, hoje na faca. Me desculpa mano, eu matei esse bicho aí mermo porque ele falou que eu tava entregando vocês. Eu matei esse bicho aí mano porque eu tava com medo de perder a amizade de vocês, mano” .

Na tarde de ontem (23), outro vídeo foi divulgado e mostra o infrator, identificado como Luiz Henrique Alencar dos Santos, de 21 anos, se lavando com uma mangueira após matar Everson. Durante a gravação, ele confessa o crime e zomba da morte da vítima, além dar de detalhes sobre o crime que cometeu.

LEIA MAIS SOBRE O CASO

Luiz Henrique Alencar dos Santos, de 21 anos de idade, aparece em vídeo se lavando com uma mangueira após matar a facadas Everson Ferreira Duarte, de 28 anos. Ele também confessa o crime durante a gravação feita de celular e zomba da morte da vítima. O infrator dá detalhes sobre o crime que cometeu. Diz que usou uma faca de serra para cometer o assassinato.

“Ele veio querer tirar onde com a minha cara, falando que eu tava entregando os caras. Matei ele na facada, com faca de serra… (risos). O corpo dele tá lá na casa dele. A parada comigo não é brincadeira não, mano.”, relata o criminoso, que conversa conversa com um homem vestido de mototaxista durante o vídeo.

Luiz Henrique foi preso durante ação das equipes do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS), logo após o crime. 

Foto:

Everson Ferreira Duarte, de 28 anos, foi brutalmente assassinado dentro de sua residência. O fato aconteceu na rua Cipó Alho, Jorge Teixeira, III, zona Leste de Manaus, entre o final da madrugada e o início da manhã desta sexta-feira (23), conforme informações repassadas pela polícia.


Everson foi encontrado pelos próprios pais jogado no chão do quarto, todo ensanguentado, com a barriga aberta e vísceras expostas. O assassino ainda tentado decapitar a vítima, mas não concluiu a ação.Vizinhos não souberam informar detalhes sobre o crime.

A família informou a equipe policial que a vítima trabalhava como entregador. Henrique foi encontrado pela polícia com marcas de sangue, e acabou confessando o ato, segundo o autor, ele praticou o crime sozinho, no entanto, a polícia não acreditou nesta versão e deve investigar o caso para saber se existem mais pessoas envolvidas no crime. Inclusive, ainda de acordo com a polícia, o infrator tentou esconder roupas e a faca utilizada no crime em um bueiro.


“Luiz Henrique e a vítima estariam consumindo bebidas alcoólicas durante à noite. Mais tarde, ele deixou a vítima em casa e foi para um determinado local. Na madrugada, ele teria voltado à casa, aproveitando inclusive que a vítima já estava dormindo sob o efeito da bebida alcoólica, teria arrombado a porta de trás da casa, e aí sim, desferido os golpes que provocaram a morte da vítima.”, relatou o titular da Dehs, delegado Charles Araújo. 

No local do crime a perícia levantou indícios de luta corporal. O local estava revirado e o corpo da vítima se encontrava no chão do quarto.