Familiares dos reeducandos do Complexo Penitenciário Cruzeiro do Sul Manoel Neri realizaram protesto nesta terça-feira, 27, e fecharam a Estrada Boca da Alemanha. Os manifestantes reivindicam pela volta das visitas e comunicação via celular com o presídio. Polícias Penais e Militares reabriram as passagens e não houve confronto.

“A PM foi ao local e conversou com os líderes do movimento, sendo convencidas a abrir a via e buscarem um diálogo com a direção do presídio”, disse o comandante da PM de Cruzeiro do Sul, tenente coronel Evandro Bezerra.

Segundo o diretor da unidade prisional, Aslan Barbosa, não tem como atender às reivindicações, como o retorno das visitas e comunicação com o presídio por meio de telefone celular. “A portaria renovou a suspensão de visitas por mais 30 dias para todo o Acre”, frisou.

Quanto ao uso do celular para que possam ligar e ter informações sobre os presos, o que só é feito via telefone fixo da unidade prisional. O diretor explicou que como o presídio tem bloqueadores não há como ter celulares.
“Mas, os familiares podem ligar para o telefone 3322-7916 durante o horário de expediente, que terão informação sobre os reeducandos”, frisou.

O diretor cita que os familiares poderão seguir entregando lanches, itens de higiene, colchões e ventiladores para os presos, segundo cronograma divulgado pelo presídio.

Juruá Em Tempo