Os corpos de quatro pessoas do sexo masculino foram encontrados nesta quinta-feira (29) em um sítio no Ramal da Sudan, no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus). Os cadáveres estavam empilhados em uma cova rasa. Duas pessoas ficaram feridas e sobreviveram.

De acordo com o coronel Beckman, comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar do município, as equipes tomaram conhecimento do caso após um dos sobrevivente dar entrada no Hospital da cidade. Ele relatou que quatro pessoas haviam sido mortas na localidade.

 Destaque #1″Contatamos a Polícia Civil, que acionou os demais órgãos competentes. Fomos até o sítio e chegando lá não encontramos corpo algum. Interrogados novamente a pessoa ferida e ela indicou o local de uma possível cova nas redondezas. Encontramos os quatro corpos empilhados após uma escavação. A perícia informou que as vítimas foram mortas por asfixia mecânica, no entanto uma delas apresentava quatro lesões por terçado no pescoço”, explicou a autoridade. 

Laboratório de drogas

O comandante destacou ainda que no local havia materiais supostamente utilizados para mistura de drogas, o que levantou a hipótese do local funcionar como um laboratório de drogas. 

 Destaque #2″Encontramos materiais possivelmente utilizados na mistura de drogas. Havia um grande buraco no chão camuflado, uma espécie de depósito. Foi onde essa vítima que deu entrada no Hospital revelou ter sido jogada pelos criminosos após ser torturada”. 

Os relatos indicaram que no momento em que essas pessoas chegaram no sítio já foram surpreendidas por criminosos. As equipes do Instituto Médico Legal (IML) e do Departamento de Polícia Técnico-Científica foram acionadas e já estão em Itacoatiara.

 Destaque #3“Ele disse que se fingiu de morto e mesmo amarrado consegui sair, apesar de ter tido várias perfurações por pregos. Uma outra pessoa que seria o caseiro do local recebeu um tiro no fêmur e também já está sendo interrogada”, explicou o comandante. 

Os corpos serão encaminhados para Manaus e passarão por exame necroscópico, antes de serem liberados aos familiares. Os nomes das vítimas ainda não foram divulgados e o caso segue sendo investigado pela Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itacoatiara.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que “os homens integravam um bando criminoso ligado ao tráfico de drogas e teriam sido mortos após o desaparecimento de cerca de uma tonelada de entorpecentes que pertenciam ao líder do grupo”.

“Pela manhã, o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Louismar Bonates, determinou o envio de equipes policiais de Manaus para auxiliar na investigação do caso. Dois outros homens sobreviveram ao ataque, que ocorreu na madrugada. O caso está sendo investigado”.