Daniela Mercury compartilhou com os seus seguidores do Instagram o fato de ter sido inoculada contra a Covid-19. Radiante por ter recebido a primeira dose da vacina, que espera dar-lhe agora mais proteção contra a Covid-19, a cantora aproveitou a ocasião para falar sobre uma doença com a qual lida há vários anos: a imunodeficiência primária.

“Estamos na Semana Mundial da Imunodeficiência Primária e eu aproveito esta oportunidade para chamar a atenção para esta doença e para esse grupo de pacientes, do qual eu também faço parte”, começou revelando sua condição.

“A Imunodeficiência primária é uma falha no sistema de anticorpos do corpo humano”, explica, dando conta de que só percebeu que algo não estava bem consigo quando há uns anos ficou doente repetidamente e investigou, junto dos seus médicos, o problema.

“O meu corpo produz anticorpos, mas eles só funcionam parcialmente. Pacientes como eu têm uma maior probabilidade de infecção grave pulmonar, entre outras doenças. O nosso maior remédio é a prevenção e, por isso, a vacina contra a Covid, assim como outras vacinas, é tão importante para este grupo”, realça.

Apesar de ligeiramente mais protegida, visto que terá ainda de levar a segunda dose da vacina, Daniela promete continuar a manter os cuidados de prevenção para evitar ser contagiada. 

“Continuo isolada, me cuidando, sendo cuidada e protegendo a minha família. Mesmo após a vacina, siga os protocolos, use máscara, mantenha o distanciamento social e use álcool gel nas mãos. Vamos vencer o coronavírus juntos”, termina.