MC Kevin morreu neste domingo, dia 16, após cair de uma sacada no Hotel Brisa Barra, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. As circunstâncias em que decorreu o acidente estão sendo investigadas mas o que tem dado muito o que falar é a relação dele com a advogada Deolane Bezerra.

O casal trocou alianças em abril, numa cerimônia no México, depois do relacionamento enfrentar várias crises. 

Em dezembro de 2020, o artista de funk se envolveu numa confusão em um estabelecimento noturno ao tentar entrar no camarote onde a namorada estava. O momento de tensão levou à intervenção da polícia e nessa mesma noite MC Kevin sofreu um acidente de carro, tendo sido internado na unidade de cuidados intensivos num hospital em São Paulo.

Em fevereiro deste ano, problemas entre o casal levaram ao término da relação e o artista chegou a lamentar publicamente a separação, afirmando que tinha “perdido a mulher da sua vida”. Mas o amor falou mais alto e a ruptura não tardou a ser superada. Dois meses depois, subiram ao altar no México.

O último episódio de tensão entre ambos teria acontecido na noite em que o artista morreu. No mesmo quarto de hotel encontravam-se outras mulheres, entre elas a suposta amante do cantor. Uma das versões investigadas é que MC Kevin teria saltado da varanda para evitar uma discussão com a companheira. 

Deolane dirigiu-se à 16.ª delegacia do Rio de Janeiro na tarde desta segunda-feira para prestar o depoimento e acabou se envolvendo numa discussão com a tal amante. O colunista Leo Dias adiantou que a polícia teve que separar as duas mulheres após uma troca de socos.

MC Kevin, como era conhecido Kevin Nascimento Bueno, morreu aos 23 anos e deixou uma filha, Soraya, de cinco anos, que nasceu fruto da relação anterior com Evelin Gusmão.

Leia Também: Velório de MC Kevin tem fogos de artifício, aglomeração e aplausos em SP