SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Leninha Camargo foi a segunda eliminada da terceira temporada do Mestre do Sabor. Apesar de o prato dela ter agradado, ficou aquém dos demais na prova que valia a permanência no reality show culinário da Globo.

A mineira de 51 anos fazia parte do time de Rafa Costa e Silva. Ela foi selecionada para a atração após chamar a atenção com um gateau de mandioca com requeijão e baru.

Na primeira parte do programa desta quinta-feira (19), os participantes disputaram a prova do Menu Confiança. Os times tiveram 65 minutos para preparar um menu de três pratos inspirados na conexão entre Brasil e Portugal, usando porco, polvo e bacalhau.

Nessa etapa, o menu Lembrança do Amigo Avillez, da equipe de Leo Paixão, foi escolhido como o melhor. Entre os pratos, o destaque foi a entrada: um carpaccio de bacalhau com pipoca de cevadinha, crocante de pele de bacalhau e maionese de wasabi.

Com isso, o time de Leo ganhou imunidade. Por sua vez, Kátia Barbosa e Rafael Costa e Silva tiveram que salvar uma pessoa de suas respectivas equipes. Todos os demais participariam do segundo desafio da noite.

Foram salvas Ana Carolina Garcia (time Leo) e Vitória Gasques (time Kátia). Além disso, Bia Pimentel estava imune por ter vencido a prova da semana passada.

Na sequência, começou a Batalha dos Cucas. Nessa prova, que foi disputada de forma individual, os participantes precisavam fazer em 55 minutos um prato usando um embutido a base de lombo suíno fornecido pelo patrocinador do programa.

Na degustação, os mestres acharam todos os pratos com excelente nível e lamentaram ter que eliminar uma pessoa. O prato de Leninha Camargo, um medalhão de lombo suíno em crosta de castanhas, aspargos e figos glaceados, foi considerado o que agradou menos.

Por outro lado, o melhor prato foi o de Danilo Takigawa. Tratava-se de um consomê de lombo suíno com abóbora, brócolis e coalhada seca.