O governador Gladson Cameli (Progressistas) e o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, entregaram terça-feira, 25, o novo acelerador linear de radioterapia, que permitirá o retorno do serviço de radioterapia no Hospital do Câncer do Acre (Unacon).

Desde 2017, mais de 400 acreanos precisavam ser enviados via Tratamento Fora de Domicílio (TFD) para outros estados em busca de tratamento contra o câncer. Atualmente, 457 pacientes são encaminhados para o tratamento oncológico nos estados vizinhos do Amazonas e de Rondônia. Com o retorno do funcionamento do equipamento, os acreanos poderão fazer o tratamento na Unacon.

O governador Gladson Cameli (Progressistas) comemorou a entrega do novo equipamento e destacou que o câncer é uma doença que independe da classe social.

“Nós sabemos o que é essa doença, ela não escolhe quem é rico ou quem é pobre. Tem pacientes aqui que estão felizes só de não ter que ir mais em Porto Velho para se tratar. Agora, vão poder continuar o tratamento aqui no Acre. Quero agradecer a toda a minha equipe e agradecer também a nossa bancada federal”, afirmou.

A Unacon atualmente dispõe de uma equipe multidisciplinar formada por médicos especialistas clínicos (três oncologistas, um oncologista pediátrico, um hematologista adulto, dois hematologistas pediátricos e dois onco-ortopedistas) e especialistas cirúrgicos (três cirurgiões oncológicos, um cirurgião de cabeça e pescoço, um coloproctologista, dois urologistas, dois mastologistas, um ginecologista, dois cirurgiões onco-ortopedistas, um cirurgião plástico, um cirurgião torácico) e três médicos radio-oncologistas.

Além desses, a Unacon dispõe de uma equipe multiprofissional composta por enfermeiros, farmacêuticos, assistentes sociais, nutricionista, psicóloga, fisioterapeuta e físico-médico, que atuam nos serviços ambulatoriais, de emergência, quimioterapia, radioterapia e cuidados paliativos.