A cliente de um salão de beleza, em Deutsch Kaltenbrunn, na Áustria, encontrou o cadáver de outra mulher dentro de uma das camas de solário em utilização. A vítima tinha visitado o estabelecimento para uma sessão de duas horas, mas nunca chegou a sair.

Segundo os meios de comunicação, a vítima era uma mulher de 50 anos que tinha entrado para uma sessão às 14h30, mas acabou por ser encontrada morta pelas 16h45, depois de outra cliente começar a suspeitar de algo errado, pois o cubículo dizia estar em utilização, mas não se ouvia ruído.

Depois de tentar comunicar com a pessoa no interior, sem sucesso, acabou por conseguir abrir a cama com recurso a uma moeda. Os serviços de emergência foram chamados ao local, mas não conseguiram reanimar a mulher.

A autópsia não demonstrou sinais de crime e o corpo também não tinha sinais de lesões. Os resultados de um relatório de toxicologia ainda estão pendentes.

Uma investigação no salão mostrou, também, que não havia defeitos na cama de solário e um porta-voz do salão expressou “as mais profundas condolências” aos familiares da mulher.