O vice-governador do Acre, Major Rocha, afirma que o governador Gladson Cameli e o senador Marcio Bittar estariam manobrando para tirar do grupo dele o partido.

Segundo fontes, Bittar e Cameli se reuniram, em Brasília, com o vice-presidente nacional do PSL e o objetivo da reunião seria a mudança de direção estadual do partido. Ambos levaram uma proposta pronta.

Entretanto, a proposta de Gladson e Márcio não foi aceita.