SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O grupo musical britânico Spice Girls, um dos mais icônicos do mundo pop, perdeu a oportunidade de faturar £ 4 milhões, cerca de R$ 29,6 milhões na cotação atual, por, em decorrência da pandemia de Covid-19, não terem se reunido para realizar shows.

De acordo com o jornal britânico The Sun, Geri Horner, Victoria Beckham, Mel B, Mel C e Emma Bunton receberam aproximadamente a mesma quantia após turnê feita no Reino Unido, em 2019. Com o sucesso, as cantoras pretendiam fazer mais apresentações em 2021, para marcar os 25 anos de “Wannabe”.

A empresa do grupo, a Spice Girls Ltd, também teve perdas financeiras causadas pela pandemia. Documentos de contabilidade que foram entregues á agência governamental Companies House mostram que em 2020 o lucro foi de aproximadamente £ 436 milhões, cerca de R$ 3 bilhões.

Enquanto o ano de 2021 rendeu pouco mais de £ 4 milhões, o que equivale à cerca de R$ 33 milhões. Em janeiro, Mel B prometeu que as cantoras iriam se reunir para cantar novamente, com exceção de Victoria Beckham.

“Assim que as regras permitissem isso”, disse. “Até que o vírus fique sob controle, não penso que alguém possa dizer com segurança: ‘Definitivamente vou sair em turnê'”, concluiu em entrevista ao jornal britânico Mirror.

Além disso, o Daily Mail também falou sobre as finanças de Victoria Beckham, que sofreu uma queda financeira milionária em sua marca de moda. “Adoraria [fazer um desfile presencial], mas estou sendo otimista e realista ao mesmo tempo. Isso afetou os negócios”, disse em entrevista ao London Rising.

“Tenho sorte de ainda ter uma empresa, mas fazer desfiles de moda custa muito dinheiro”, concluiu a estrela. No entanto, a revista The Times diz que ela e seu marido, o jogador de futebol David Beckham, aumentaram o seu patrimônio milionário em £10 milhões, cerca de R$ 74 milhões, em 2020.