O governador Gladson Cameli vai assinar, na próxima semana, a ordem de serviço para a execução da obra do contorno rodoviário de Brasileia e Epitaciolândia e a construção da ponte sobre o Rio Acre, em breve a obra terá início e vai beneficiar vários municípios da Região do Vale do Alto Acre.

A obra deve alcançar de forma direta mais de 51 mil habitantes, além de facilitar o tráfego na Rodovia Interoceânica, no acesso ao Peru, visando à integração econômica e social dos países da América do Sul, facilitando o comércio do Acre e de todo o país com a Ásia, por meio dos portos peruanos.

A obra terá mais de 10 km de extensão, contornando os dois municípios, além de uma ponte de via dupla com 250 metros sobre o Rio Acre Foto: Google Maps

A obra terá mais de 10 km de extensão, contornando os dois municípios, além de uma ponte de via dupla com 250 metros sobre o Rio Acre. Com o anel viário, os veículos de carga que fazem exportação pela BR-317 são desviados do tráfego das cidades, preservando a vida útil das vias urbanas e melhorando a qualidade de vida na região.

Além dos veículos de passagem que seguem viagem, de acordo com informações do Departamento de Trânsito do Acre (Detran/AC), mais de 17 mil veículos circulam pelos municípios de Brasileia e Epitaciolândia. O valor do investimento feito governo federal pelo Ministério dos Transportes, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) é de mais de R$ 60 milhões, sendo cerca de R$ 57 milhões para projetos e obras, e o restante para serviços de supervisão de obras.

O governador Gladson Cameli luta pela construção do anel viário desde quando atuava no Senado Federal, sendo um dos principais articuladores da aquisição dos recursos necessários para a sua realização. “Brasileia e Epitaciolândia estão na rota do Oceano Pacífico e essa obra irá contribuir com o crescimento das duas cidades. Podemos dizer que essa é primeira grande obra do nosso governo e tenho certeza de que será responsável pela geração de emprego e renda para muitas famílias”, destaca o governador.