Grafada na história como a primeira Central de Serviço Público instituída no estado do Acre, a OCA Xapuri comemorou, na quinta-feira, 27, onze anos de existência e é tida como pioneira no que se convencionou chamar de terceira geração da estratégia nacional de atendimento ao cidadão.

Regida por uma legislação específica de atendimento ao público (Decreto 3.357 de 20 de agosto de 2008), a Central de Serviço Público de Xapuri (OCA Xapuri) é parte de um projeto ousado que coloca os interesses da população no centro das ações do Estado, procurando articular o envolvimento de órgãos e agentes públicos estadual, federal e municipal, além das parcerias com entidades da iniciativa privada, com o propósito único de modernizar a gestão pública garantindo acolhimento humanizado e prestação de serviços de qualidade ao cidadão.

Os preceitos da Política de Atendimento ao Cidadão (Decreto 3.357/2008), estabelecem, entre outras coisas, a exigência de informações precisas e atendimento prestado de forma integral, para que o cidadão possa se sentir bem tratado, reconhecido e com seus direitos respeitados. Neste sentido, a Diretoria de Organização em Centros de Atendimento – DIROC não tem medido esforços para garantir a manutenção de um processo de capacitação continuada que seja capaz de qualificar os agentes públicos e elevar sua autoestima para que os mesmos estejam sempre preparados para prestar um bom atendimento à população.

O fato, é que, mais uma vez, Xapuri se tornou protagonista na história do Acre ao receber a primeira Central de Serviços Públicos inaugurada em território acreano, no dia 27 de maio de 2010, no Centro Histórico da cidade. A implantação da OCA Xapuri, pode ser considerada o marco histórico que divide um modelo de atendimento tradicional, paternalista, sem compromisso com a qualidade do serviço público e um novo modelo onde a satisfação do cidadão é o objetivo final.

Diante disso, é impossível deixar de reconhecer que o sacrifício das pessoas que vivem em Xapuri e nos municípios adjacentes, que antes tinham que se deslocar a vários lugares, enfrentando diversas filas, gastando recursos que poderiam ser utilizados em outras demandas, para obter documentos básicos indispensáveis ao exercício da cidadania, foram reduzidos significativamente a partir da implantação da OCA-Xapuri. E isso é uma vitória a ser comemorada.

Por tudo isso, eu digo: Parabéns, OCA XAPURI!!

Antônio Rocha é técnico em Gestão da OCA de Rio Branco Acre