Equipe da GEVID realizou entrega de mudas ornamentais por drive thru; desembargador Camolez trocou a toga pela pá e ajudou a plantar árvores na sede do TJAC

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) , por meio da Gerência de Qualidade de Vida (GEVID), realizou na manhã desta quarta-feira, 2, a entrega de mudas de plantas ornamentais, em sistema de drive-thru, além da entrega da Horta Compartilhada revitalizada.

As ações, que fazem parte das atividades alusivas à Semana do Meio Ambiente, foram prestigiadas pela desembargadora-presidente do TJAC, Waldirene Cordeiro; pela superintendente do IBAMA, Helen Cavalcante; além de magistrados, assessores, servidores e colaboradores do Tribunal.

Ao todo, foram doadas 100 mudas ornamentais, que servirão para colocar mais verde e vida, nas residências dos contemplados, com exemplares como a bela Mini Érica, a Alamanda Mirim, a Coleus e a exótica Ixoria, que se adapta muito bem a regiões de clima quente, entre várias outras.

As plantas floríferas foram doadas, por meio de parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMEIA) e o IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).

A desembargadora-presidente Waldirene Cordeiro se disse feliz pelo sucesso do evento e renovou o compromisso socioambiental do Poder Judiciário, dando especial ênfase ao julgamento de crimes ambientais, a nova Meta 12 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

“O Poder Judiciário, ao longo de sua trajetória, tem se pautado em uma missão ampla, que vai além dos serviços jurisdicionais. Na Semana de Meio Ambiente, reforçamos esse compromisso com ações internas e externas, seja com a revitalização da horta, como também com a concentração das audiências e julgamentos de processos envolvendo causas ambientais”, disse a presidente do TJAC.

“Hoje é um dia muito importante, nesse sol escaldante da nossa região, que vem abrilhantar ainda mais nosso evento, efetuado pelo TJ, através da nossa presidente, desembargadora Waldirene Cordeiro. Além das mudas ornamentais, o desembargador Elcio (corregedor-geral da Justiça) e eu, plantamos novas mudas de árvores aqui no Tribunal, com isso dando ciclo e a sequência do plantio de árvores. Nós convidamos a todos que queiram conhecer esse espaço, que tem um grande significado para nós, pois ele marca, embora não esgote, o compromisso socioambiental do TJAC”, ressaltou o coordenador do Comitê Gestor Local de Atenção à Saúde, desembargador Luís Camolez.

“O TJAC promove essas ações voltadas para a Semana do Meio Ambiente visando fomentar uma cultura organizacional voltada para boas práticas ambientais e ampliar as políticas internas no âmbito de todas as unidades do Poder Judiciário acreano. E, desse modo, promover e intensificar a conscientização e as boas práticas para a preservação do meio ambiente”, comentou Danniel Bomfim.

“Acreditamos que são atitudes que, ainda que pareçam pequenas, contribuem significativamente para a sustentabilidade. E juntos podemos reparar muitos dos danos causados ao meio ambiente. E o NUSAP (Núcleo Socioambiental Permanente) trabalha para difundir uma consciência pró ambiental, tanto dentro como fora do judiciário. Felizmente, temos a grata satisfação de, paulatinamente, estarmos aumentando a quantidade de servidores e magistrados envolvidos nas questões socioambientais”, disse Val Amorim.

“Nosso lema é ‘o meio ambiente é a nossa casa e a sua defesa começa comigo’. E nós temos essa necessidade de integração com relação os órgãos públicos, porque tanto as pessoas que trabalham quanto aquelas que vêm aos órgãos públicos vão ter essa interação com a natureza e nos lembrar e nos remeter aos cuidados que temos que ter com a natureza”, ponderou a superintendente do IBAMA, Helen Cavalcante.

Ornamentando a vida

De acordo com a gerente de qualidade de vida do TJAC, Milena Moura, a ideia em distribuir mudas ornamentais é conscientizar magistrados e servidores sobre a importância da adoção de boas práticas para a preservação do meio ambiente, por meio do plantio e do cultivo das mudas.

“As plantas são ornamentais, tendo em vista que grande parte dos servidores moram em apartamentos ou tem um terreno pequeno e por este motivo, pensando nesse público, foram doadas as plantas ornamentais, pois qualquer ambiente é propício para se adotar boas práticas”, destacou a gerente de qualidade de vida.

Postado em: GaleriaNotícias | Tags:GevidMeio AmbienteNusapPresidencia TJACFonte: GECOM Atualizado em 02/06/2021