A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, declarou ao Gazeta Entrevista desta quarta-feira, 21, que os representantes do governo ainda não arcaram com parte do acordo realizado perante o Tribunal de Justiça, que pôs fim à greve da Educação, em junho deste ano.

Na ocasião, o encontro foi presidido pelo desembargador Júnior Alberto, responsável por homologar o acordo. Rosana destacou que o governo não gosta da Educação do Estado e por essa razão ainda não cumpriu o compromisso, por isso, a sindicalista garantiu que na próxima segunda-feira, 26, os servidores da educação farão uma nova manifestação em frente à Casa Civil, em prol de pressionar o Governo. “Tivemos uma greve de mais de 30 dias e precisou ser resolvido na justiça. Vamos fazer uma manifestação cobrando o que foi acordado. Esse Governo só funciona assim na pressão”, ressaltou.

De acordo com as propostas apresentada em juízo, o Estado ainda não se comprometeu em ofertar internet e notebooks para os professores, em efetivo exercício de docência, e equipes gestoras das escolas e das unidades de representação da SEE, além de uma plataforma digital para conectar professores e alunos em ambientes virtuais de aprendizagem.

Foto: Sergio Valle do Ac24horas

Fonte: Ac24horas