Apesar de ter acabado há mais de um mês com a Argentina se sagrando campeã em cima do Brasil, a Copa América ainda traz reflexos na tabela do Brasileirão. Prova disso é o duelo válido pela quinta rodada, remarcado por conta dos jogos na Arena Pantanal, entre Cuiabá e Grêmio, para esta quarta-feira, às 19h, na capital mato-grossense. O duelo é um confronto direto contra a zona de rebaixamento.

Em alta, após acumular três jogos sem derrota e vindo de uma vitória em casa sobre o Athletico-PR por 1 a 0 no último final de semana, o Cuiabá aparece com 17 pontos, na 16.ª colocação, sendo o primeiro time fora da zona de queda para a Série B. Já o Grêmio vive uma situação mais complicada. Depois de perder no Morumbi para o São Paulo, por 2 a 1, o time gaúcho é vice lanterna da competição, com dez pontos.

O técnico Jorginho Campos não tem problemas para escalar o Cuiabá no confronto direto contra o Grêmio. A principal preocupação era em relação ao atacante Clayson. Autor do gol da vitória sobre o Athletico, o jogador precisou ser substituído depois de sofrer uma pancada no tornozelo direito.

No entanto, nenhuma lesão foi diagnosticada e Clayson está confirmado. Além dele, Jorginho também vai poder contar com o retorno do atacante Felipe Marques, que cumpriu suspensão.

Titular no meio-campo, o volante Auremir projetou um duelo equilibrado, mas reafirmou o foco do Cuiabá pelos três pontos. “Atuaremos contra uma equipe que precisa nos derrotar para se aproximar de nós. Jogaremos em casa, motivados, e mesmo respeitando bastante o time do Grêmio, buscaremos os pontos que nos darão um pouco mais de tranquilidade na competição.”

Do outro lado, o Grêmio fez treino em Porto Alegre diante de protesto pacífico da torcida do lado de fora do CT Luiz Carvalho. O clima ficou quente segunda-feira quando imagens mostraram alguns jogadores numa festa, mas a diretoria tratou de por panos quentes para evitar maiores consequências dentro de campo.

Entre as novidades, foram relacionados o meia recém-contratado Villasanti. Ele já deve ser titular ao lado de Maicon. Na defesa, Pedro Geromel está suspenso, pelo terceiro cartão amarelo, e Kannemann segue em transição física. Rodrigues será o titular ao lado de Ruan.

Os atacantes Diego Souza, Ferreira e Churín seguem de fora por enquanto e devem voltar nas próximas rodadas. No mais, Felipão pode fazer algumas mudanças por opção técnica. Mas não confirmou a escalação inicial. “Estamos com muitos desfalques. Vamos ver com calma o que poderemos fazer para termos em campo um time competitivo”, comentou.