Pelé deu entrada no hospital Albert Einstein, em São Paulo, e isso por si só gerou rumores de que algo grave estaria acontecendo com o ex-jogador de futebol de 80 anos. Mas ele usou suas redes sociais para acalmar os fãs e garantiu que foi apenas realizar exames de rotina, porque não conseguiu fazê-los por causa da pandemia. Pelé tem se resguardado e está ‘sem agenda’ desde que a covid-19 tomou conta do mundo.

“Pessoal, eu não desmaiei e estou muito bem de saúde. Fui fazer meus exames de rotina, que não havia conseguido fazer antes por causa da pandemia. Avisem que eu não jogo no próximo domingo”, escreveu Pelé em sua conta no Twitter, mostrando o bom humor de sempre.

Ao Estadão, o próprio assessor pessoal do eterno camisa 10 havia avisado que não tinha qualquer problema com Pelé. “Está tudo bem”, disse Pepito Fornos, ciente de que qualquer coisa que ocorra com o Rei do Futebol gera enorme repercussão. “São exames de rotina.”

Joe Fraga, CEO da Sports 10, que cuida da imagem de Pelé, disse à reportagem que a versão de que ele tinha desmaiado e por isso dado entrada no hospital paulistano não se confirma.

“Ele não desmaiou, isso é fake news. Foi fazer seus exames anuais”, comentou.

Sua última internação aconteceu em 2019, quando retornou da França após passar cinco dias internado em Paris com problemas de cálculo renal e febre. Ele teve infecção urinária antes de tirar a pedra do rim. O hospital em São Paulo não se manifestou.