Cinco pessoas foram presas e uma farta quantidade de drogas e armas de fogo foi apreendida durante operação realizada pela Polícia Militar de Xapuri nesta terça-feira, 31.

De acordo com as informações obtidas pela reportagem, o grupo agia na região do bairro Mutirão e do conjunto Amadeu Dantas, na parte mais alta da cidade.

Durante a ação, os policiais identificaram que uma menina de 10 anos estava sendo usada pelo cabeça da quadrilha para fazer a entrega de papelotes de drogas para os comparsas.

IMG-20210831-WA0026
IMG-20210831-WA0066

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia Geral de Xapuri para os procedimentos da Polícia Judiciária. Eles não tiveram os nomes divulgados por imposição da Lei de Abuso de Autoridade (13.869).

Entre os itens apreendidos, estão telefones celulares, relógios, mais de R$ 5 mil em espécie, dois revólveres, sendo um de calibre 38 e outro .22, além de duas escopetas e munições.

Segundo a polícia, as armas eram usadas para impor respeito na vizinhança e ameaçar moradores que se atrevessem a denunciar as ações criminosas que vinham sendo praticadas pelo grupo.

O líder do grupo preso possui inúmeras passagens por tráfico de drogas e vinha sendo monitorado eletronicamente. Ele é padrasto da garota encontrada pela polícia em condições de aliciamento.

Os acusados responderão pelos crimes previstos na Lei de Drogas, corrupção de menores, associação ao tráfico, tráfico, porte ilegal de arma e munições, além de receptação.

Os policiais militares que compunham a guarnição que realizou a operação que resultou nas prisões e apreensões são o 3º sargento Lunardi e os cabos J. Carlos e Cleílson.