Bruna Santana Prates Gomes, de 15 anos de idade, foi vacinada contra a Covid-19, na terça-feira, num centro de vacinação de Santos, em São Paulo. A jovem, que perdeu seis familiares para a Covid-19, incluindo a mãe, decidiu marcar o momento da toma da vacina com uma lembrança de que há quem não tenha tido a mesma oportunidade.

“A minha mãe morreu 16 dias antes de eu completar 15 anos, uma data especial. Por causa da pandemia não houve festa, mas um dos meus maiores desejos, quando ela estava no hospital, era que ela pudesse sair da sedação antes do meu aniversário, para eu conseguir ouvir ela me dar um parabéns. Foi difícil passar esse aniversário sem ela”, disse, citada pelo G1.

A jovem  perdeu a mãe de 47 anos de idade, a avó, a bisavó e três tios em menos de três meses. O tio foi o primeiro a ficar infectado e o logo depois o restante dos familiares.

Bruna revelou que foi difícil não se emocionar ao tomar a vacina. “Tomei tanto por mim quanto por eles, que não tiveram a chance de tomar essa vacina. Bateu uma emoção e sentimento enorme de gratidão por ter aguentado tudo isso e estar aqui hoje”, declarou.

Adolescente quis recordar os entes queridos que não tiveram oportunidade de ser vacinados© Reprodução Facebook  

O Brasil reportou nesta terça-feira 24.589 novos contágios por coronavírus e mais 839 óbitos, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). O país soma  20.776.870 casos confirmados e 580.413 vítimas mortais.