A cidade de West Hollywood, na Califórnia, conduzirá um programa que visa atender pessoas da terceira idade que fazem parte da comunidade LGBTQIA+. Os idosos irão receber uma ajuda de custo no valor de US$ 1 mil (cerca de R$ 5,1 mil) por mês, o projeto piloto deverá fazer o atendimento de 25 pessoas durante 18 meses, podendo ter início ainda este ano.

A cidade é uma das regiões dos Estados Unidos com maior número de moradores gays, e de acordo com matéria do site Guia Gay, 11,7% da população do local vive abaixo da linha pobreza, mesmo com a renda per capita sendo o dobro da média nacional.CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Escolhemos esse grupo por causa da demografia em West Hollywood, onde 45% dos residentes se identificam como LGBT d 25% se identificam como idosos” explicou a prefeita da cidade, Lindsey Horvath. Sabemos que historicamente, a população LGBT mais velha foi discriminada e teve que lidar com os efeitos da discriminação agravada ao longo dos anos, desde a crise da AIDS até a negação do direito de casar e a perda de benefícios. Decidimos que essa população era a certa para se concentrar” continuou.

West Hollywood é considerada um bairro pertencente a região oeste de Los Angeles e é onde são realizados os grandes eventos da comunidade LGBT, incluindo a parada do orgulho e o festival de cinema Outfest. A cidade também possui a maior quantidade de saunas e bares gays na Grande Los Angeles.