Ao som do hino nacional, o governo do Estado realizou um ato solene de hasteamento da bandeira nesta terça-feira, feriado de 7 de setembro, em respeito à pátria, mas, sem a participação da população, em razão da pandemia de Covid-19.

Além disso, após a solenidade, foi realizado o desfile de veículos oficiais na Avenida Getúlio Vargas. A solenidade que ocorreu ao som da cantora acreana Ariana Ravena, contou ainda com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior (Progressistas), do deputado estadual Cadmiel Bonfim (PSDB), da presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Waldirene Cordeiro, do presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, N. Lima, e o prefeito da capital, Tião Bocalom, ambos do Progressistas.

Ao contrário do que ocorreu em Brasília (DF), onde o presidente da república, Jair Bolsonarista, fez o ato solene sem a presença dos chefes dos poderes, Cameli reuniu os chefes do judiciário e legislativo do Acre.

Durante a solidariedade, o secretário de Desenvolvimento Urbano e Regional/AC, Luiz Felipe Aragão, fez o anúncio da construção do memorial em homenagem às mais de mil vítimas da Covid-19 no Acre em frente ao Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into). O investimento está orçado em mais de R$ 300 mil. “Essa é uma singela homenagem às vítimas da Covid-19. A obra é uma fonte luminosa, a água com purificação e um local onde as pessoas podem homenagear os entes queridos A ideia é de toda a equipe para mostrar o esforço do governador Gladson Cameli em salvar vidas”, explicou.

Na ocasião, o governador Gladson Cameli disse em seu pronunciamento que a atual gestão tem sido responsável nas ações em prol da sociedade. “Estamos fazendo investimentos necessários na recuperação dos ramais e nas áreas de saúde e infraestrutura. “Agradeço ao presidente da República e aos ministros pelos esforços para garantir os recursos necessários para a construção das grandes obras”.

Ac24 Horas

Fotos de Sérgio Vale