SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O COI (Comitê Olímpico Internacional) anunciou, nesta quarta-feira (8), que a Coreia do Norte está suspensa de participar de eventos ligados à entidade até o final de 2022.

A iniciativa se dá, segundo o COI, “como resultado da decisão unilateral do país de não participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020” – a justificativa das autoridades locais para a ausência se baseou na pandemia da covid-19.

“O Comitê da Coreia do Norte foi o único que não participou dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Por meio das várias comunicações e discussões mantidas nos meses anteriores ao evento, o COI forneceu garantias para a realização de Jogos seguros e ofereceu propostas construtivas para encontrar uma solução adequada e sob medida até o momento final (incluindo o fornecimento de vacinas), que foram sistematicamente rejeitadas pelo comitê coreano”, disse o COI no comunicado.

Com isto, a Coreia do Norte está oficialmente fora dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, que vão acontecer em fevereiro do ano que vem.

Por fim, a entidade afirmou que atletas que se classificarem para o evento em questão terão os casos analisados individualmente – há, portanto, chance de que eles participem dos Jogos descaracterizados.