SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um dos finalistas do Ilha Record, Pyong Lee testou positivo para Covid e não está no estúdio da decisão do reality, ao lado de Sabrina Sato e os outros 12 participantes do programa.

Com isso, Lee participa da transmissão ao vivo ao vivo, pela internet. Ele foi um dos protagonistas da primeira temporada e disputa o prêmio máximo da atração de R$ 500 mil com Any Borges.

O programa, que tem um formato original da emissora, distribuirá ainda um prêmio de R$ 250 mil, que será escolhido por votação do público.

Os dois exploradores finalistas puderam escolher outros dois colegas de confinamento para acompanhá-los até a Ilha e ajudá-los na caça aos baús de pedras preciosas.

Any escolheu Claudinho e Nanah para serem seus parceiros nesse desafio decisivo. Enquanto Pyong optou por Thomaz e Antonela. Os ajudantes de quem vencer o programa levam para casa R$ 10 mil.

Com apresentação de Sabrina Sato, 40, o reality Ilha Record exilou 13 competidores em uma praia paradisíaca, onde tiveram que cumprir provas e desafios. A convivência foi marcada por divisão de grupos e muita discussão entre os participantes.