O homem recebeu todos os cuidados, mas não resistiu aos ferimentos causados pelo tubarão

Mesmo recebendo cuidados, o homem não resistiu ao ferimentos.

Um sufista da costa leste da Austrália morreu, neste domingo (05), após ser atacado por um tubarão, em Emerald Beach. Apesar dos esforços da equipe médica para salvá-lo, a vítima teve ferimento grave.

As informações são do serviço de saúde de New South Wales (NSW). Durante o ocorrido, um helicóptero foi utilizado pela equipe de resgate, com a presença de médico e paramédico.

Apesar com toda atenção dispensada pela equipe médica, o surfista morreu devido o brutal ataque. 

Ataques na Austrália

Casos relacionados a ataques de tubarão são mais comuns do que se pensa na Austrália. Em junho deste ano, o sufista Roger Essing, 42 anos, foi pego se surpresa no mar da praia de Gunnamatta, em Victoria (Austrália), quando um tubarão de quase dois metros de comprimento se aproximou dele.

 Nas imagens, gravadas pelo próprio surfista com uma câmera de 360º, é possível ver o momento em que ele se desespera ao avistar o predador, e começa a gritar palavrões enquanto tenta fugir em pânico, batendo fortemente as pernas.  

Após o susto, o australiano, especialista em bodyboard, afirmou que o tubarão ficou “a poucos centímetros” de tocá-lo. Por sorte, ele não saiu ferido por sua atuação “habilidosa’ com a prancha. 

Veja vídeo do ataque ao surfista, que escapou por pouco: 

https://cdn.emtempo.com.br/img/videoinline/320000/surfista-tubarao_00320725_0_202109061236.mp4?xid=1089963