O Centro Integrado em Operações Aéreas (Ciopaer) ganhou novos reforços para seu efetivo: dois novos pilotos de helicóptero e uma ascensão a piloto de avião. O tenente bombeiro Roger Johnny Filgueira e o escrivão de polícia José Otávio Cordeiro formaram no curso de Piloto Privado de Helicóptero na Escola Scoda Aeronáutica, na cidade de Ipeuna, São Paulo. O curso teve 40h de voo e duração de 60 dias. A capacitação é fruto de investimentos do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e convênios.

O sargento da Polícia Militar do Acre (PMAC), João Plácido ascendeu à categoria de piloto de avião, com 500 horas de voo, sendo o primeiro comandante de asa fixa (avião), formado no Ciopaer.

O sargento da Polícia Militar do Acre (PMAC), João Plácido ascendeu à categoria de piloto de avião Foto: Cedida

Segundo o coordenador do Centro Integrado em Operações Aéreas (Ciopaer), major Samir Freitas, “houve um aumento considerado da frota e emprego dos serviços aéreos, e como o governo do Esstado tem uma visão mais ampla na necessidade das operações aéreas do Acre, foi necessário investir na formação de novos pilotos para continuidade na prestação destes serviços. O investimento na capacitação de novos integrantes do grupamento é fundamental, pois os grupamentos que existem atualmente no Brasil sempre investem em capacitação e aqui não pode ser diferente”, pontuou.

O coordenador ressaltou também que a ampliação do novo efetivo irá possibilitar a melhor organização administrativa nos voos que requerem um planejamento rígido. Hoje o Ciopaer conta com 2 helicópteros e 2 aviões e este ano já formou dois copilotos de avião e dois de helicóptero. Mais investimentos estão previstos para ampliar e atender a logística e a necessidade do estado.