SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Globo finalmente confirmou o nome da atriz que viverá Juma Marruá, no remake da novela “Pantanal”, que deve estrear no primeiro semestre de 2022. A atriz Alanis Guillen, 23, dará vida à protagonista da trama, que foi vivida na versão de 1990, exibida na TV Manchete, por Cristiana Oliveira, 57.

“Como aguentar a ansiedade para o remake de Pantanal? A icônica personagem Juma Marruá, que foi vivida por Cristiana Oliveira, será interpretada na nova versão por Alanis Guillen”, diz mensagem compartilhada nas redes sociais do Fantástico neste sábado (18), convidando o público a assistir uma entrevista concedida pela jovem ao jornalístico neste domingo (19).

Guillen, que era apontada como a favorita para interpretar Juma, estreou na TV como Rita em “Malhação: Toda Forma de Amar” (2019). Na trama, na qual também foi protagonista, ela deu vida a uma adolescente que descobriu que a filha, que achava que estava morta, tinha sido dada para adoção.

“Ela quer muito ter a filha de volta e tenta se aproximar dessa família adotante de todas as formas. Nesse caminho, cruza com Filipe (Pedro Novaes), que vai ter alguns conflitos. Ele se solidariza com a história da Rita”, contou a jovem em entrevista ao F5 à época que o folhetim estreou.

Paulistana de Santo André, Guillen contou que sua relação com as câmeras não é de hoje. Ela começou a fazer trabalhos de publicidade com 3 anos de idade, mas só aos 15 se interessou por estudar teatro -paixão que ela diz lhe ajudar a entender o mundo e as pessoas.

“O teatro me salvou naquele momento de colégio que você não sabe muito bem o que quer e o que é. A partir de quando comecei a estudar teatro, era só isso que eu queria. Fazia publicidade, mas almejava muito subir nos palcos e fazer outras coisas. De trabalho em trabalho, aqui estou.”

Quando soube que havia passado no teste de “Malhação”, Guillen ligou para os pais e recebeu os amigos para celebrar. “Foi muita alegria quando soube que passei. Um momento de olhar para trás e sentir muita gratidão. Ver que todo o estudo, tudo o que eu acreditava, se materializou. Foi um passo muito importante na minha vida.”

Agora, a atriz diz que não pretende criar grandes expectativas: “Um dia de cada vez, uma cena de cada vez. É preciso respirar e acreditar que se a gente está adubando bem cada dia, lá na frente vão florescer muitas coisas boas”, disse ainda em 2019.