Da assessoria

O Ministério da Justiça em parceria com o governo do estado do Acre inicia nesta terça-feira, 21, a capacitação de 25 profissionais de segurança pública em técnicas de defesa pessoal, imobilização e combate corpo a corpo, que permitem aos policiais a aplicação do uso diferenciado da força contra potenciais ameaças.

A Aula Inaugural aconteceu às 8h da manhã na Biblioteca Pública e terá prosseguimento a partir de amanhã (22) no Batalhão de Operações Especiais (BOPE), com duração total de 05 (cinco) dias e carga horária de 40 horas/aula.

Trata-se do Curso de Contramedidas do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras (VIGIA), em sua segunda edição, realizado com suporte das Secretarias de Operações Integradas (Seopi) e de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen), com apoio, em âmbito estadual, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Em termos conceituais, contramedida é uma providência que se destina a anular ou atenuar o efeito de outra. A partir dessa lógica, o operador de segurança pública é treinado a assegurar a sua integridade física em situações extremas, fazendo uso diferenciado da força.

“Esse treinamento é de extrema relevância para os operadores de segurança pública que atuam em situações extremas, partindo da premissa de que para defender a outrem é necessário, como lição primeira, defender a si mesmo”, ressalta o secretário de estado de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Rocha dos Santos.

O curso vai atender operadores das Polícias Militar, Civil e Penal do Acre, além de profissionais dos estados parceiros de Rondônia, Roraima e Tocantins, sob a coordenação local do TC PMAC Assis Martins dos Santos, designado pela Sejusp. O corpo de instrutores é composto pelo CAP PMRN Gustavo Henrique Craveiro Costa; SGT PMSE Elvio Marcelo Lisboa Santos; e SGT PMSE João Heleno dos Santos.

O Coordenador Geral de Fronteiras da SEOPI, TEN CEL Saulo de Tarso Sanson Silva, saudou aos alunos através de videoconferência diretamente de Brasília. Também marcaram presença ao evento de abertura, o comandante da Polícia Militar do Acre, Cel. Paulo César Gomes da Silva; o Delegado Geral de Polícia Civil, Josemar Moreira Portes; o Diretor Presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre, Arlenilson Barbosa Cunha; Coordenador e diretores do Centro de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (CIEPS).

SEJUSP inova com planejamento de capacitações 2021/2022

Além do Curso de Operação Integrada – COI, que já atingiu mais de 600 profissionais do Sistema Integrado de Segurança Pública, desde o seu lançamento em 2019, a SEJUSP traz inovações no seu planejamento de capacitações para o biênio 2021/2022.

Dentre as novidades destacam-se os cursos de Técnico Explosivista, Atirador Policial de Precisão, Negociador, Operações Fluviais, Policiamento de Fronteira, Operações Especiais, dentre outros. Para o mês de outubro, já confirmado o 1º Curso de Multiplicador Institucional de APH de Combate, com oferta de 40 vagas.

Segundo o coordenador de capacitações da SEJUSP, TC PM Assis Martins dos Santos, a programação também abrange órgãos parceiros, como Ministério Público e Poder Judiciário, incluindo integrantes das forças policiais de âmbito estadual e federal de outros estados.

Para o mês de dezembro, como encerramento das atividades de 2021, está em planejamento o Seminário “A Realidade do Confronto Armado e os Efeitos Balísticos”.