Os resultados da autópsia confirmaram que os restos mortais encontrados, no último domingo, na Floresta Nacional Bridger-Teton, no Wyoming, pertencem a Gabby Petito, a jovem de 22 anos que desapareceu durante uma viagem para explorar parques nacionais com o noivo.

Segundo o FBI, o médico legista do condado de Teton, Brent Blue, considerou a morte um homicídio na análise preliminar. “A causa da morte permanece pendente dos resultados finais da autópsia”, disse o FBI. 

O noivo de Gabby, Brian Laundrie, continua sendo considerado uma pessoa de interesse no caso.

Teton County Coroner Dr. Brent Blue confirmed the remains are those of Gabrielle Venora Petito, date of birth March 19, 1999. Coroner Blue’s initial determination for the manner of death is homicide. The cause of death remains pending final autopsy results. pic.twitter.com/JoHenMZ9UU

— FBI Denver (@FBIDenver) September 21, 2021

Vale lembrar que Gabby, de 22 anos, desapareceu misteriosamente durante uma viagem com o namorado Brian Laundrie. A jovem contactou pela última vez a família no final de agosto, enquanto visitavam o parque nacional onde agora decorrem as buscas. Entretanto, o namorado voltou a casa, na Flórida, sem Gabby e sem querer falar do assunto, mesmo quando abordado pelas autoridades.

Já posteriormente, na última sexta-feira, dia 17 de setembro, a família de Brian reportou às autoridades o desaparecimento dele. O jovem teria saído de casa e nunca mais regressou. 

Esta segunda-feira, a polícia federal esteve na casa onde vivia o namorado de Gabby Petito e os pais do homem – ainda desaparecido – e considerou a propriedade um “cenário de crime”.