Maria Fernanda Lopes Paixão, de 9 anos, foi vítima de um atropelamento e morreu na tarde deste domingo, 3, no km 7, da BR-317, na Estrada de Boca Acre na zona rural de Senador Guiomard, interior do Acre.

Segundo informações de populares que presenciaram o acidente, Maria Fernanda saiu de sua casa juntamente com familiares para acompanhar seus parentes até a parada de ônibus. Quando os familiares entraram no ônibus a criança ao atravessar a BR-317 por detrás do transporte coletivo foi atingida violentamente por um veículo modelo Fiat Palio, de cor azul, que trafegava em alta velocidade no sentido Senador Guiomard-Boca do Acre. Com impacto a criança foi arremessada, bateu a cabeça no asfalto, caiu desmaiada e sofreu várias fraturas pelo corpo. O motorista após o acidente fugiu do local.

Populares acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local nada puderam fazer por Maria Fernanda que já se encontrava morta.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local e isolou a área para os trabalhos de perícia. De acordo com o Perito, o corpo de Maria Fernanda foi arrastado por 19 metros e no asfalto não havia frenagem. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco para os exames cadavéricos.

Segundo informações de populares, o proprietário do veículo envolvido no acidente seria um gerente de uma fazenda localizada na BR-364, identificado como Israel. Os Policiais Rodoviários Federais juntamente com os Policiais Civis se deslocaram até a fazenda, encontraram o veículo modelo Fiat Pálio que estava com a frente danificada. Foi feito a pericia no veículo e o proprietário não foi encontrado na fazenda.

A esposa de Israel relatou aos policiais que o marido não possui habilitação e que irá se apresentar na delegacia com um advogado. O caso será investigado pela Polícia Civil.