Há alguns meses atrás, a atriz Samantha Schmütz se envolveu em uma polêmica ao pedir que famosos fizessem manifestações à favor da população no combate da pandemia de Covid-19. 

Juliana Paes, então decidiu responder a colega de profissão e  compartilhou nas redes sociais um desabafo, onde criticou políticos e falou ‘delírios comunistas’ da extrema-esquerda por ser cobrada para ter um posicionamento político.

Agora, em uma entrevista para a colunista Mônica Bergamo, do Folha de S. Paulo, Samantha revelou que Juliana distorceu a história, uma vez que ela havia mandado uma mensagem privada para a colega e foi exposta. 

“Eu falei: ‘Talvez, se você tivesse perdido alguém por Covid, como eu perdi o Paulo [Gustavo], você pudesse estar revoltada’. No fim, ela me expôs. Não queria ter uma conversa exposta. Mas ela acabou se expondo mais do que eu, porque falou besteira, delirou”, relembrou Samantha que ainda completou: “Aquele texto que ela gravou [no vídeo] foi a resposta que me deu no WhatsApp. Pegou, copiou, botou no teleprompter e leu para as pessoas. Não entendi nada. Ela fala em polarização, mas tentou polarizar as pessoas contra mim. Reclama do discurso de ódio, mas está querendo provocar o ódio contra mim”.

Samantha contou que não falou mais com Juliana, mas que apenas tinha tentado chamar atenção de famosos que tem grande representatividade com o público. “Realmente não quero apontar dedo para ninguém. Estou apontando o dedo, sim, para o papel do artista”, comentou.

Apesar da confusão, internautas saíram em defesa de Samantha, e Juliana foi duramente criticada por ter conduzido a situação de forma de expor a colega.