A quarta-feira será especial para o Fluminense. O time carioca vai reencontrar seus torcedores após 577 dias de afastamento, causado pela pandemia de covid-19. O duelo marcado para esta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, também será importante pela disputa direta com o Fortaleza por uma vaga na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores.

O Flu não jogava com torcida no estádio desde 8 de março do ano passado, quando goleou o Resende pela Taça Rio, do Campeonato Carioca. Desde então, a torcida vem acompanhando os jogos e as novidades da equipe à distância. Uma delas foi o retorno do ídolo Fred ao clube das Laranjeiras. O atacante ainda não jogou com apoio dos fãs em sua volta.

“Eu estava muito ansioso por essa volta da torcida e por esse reencontro com eles no Maracanã, assim como eu sei que todos os torcedores e os demais jogadores também estavam. O aniversário é meu na semana, mas espero que eu possa presentear a torcida com gols e com a vitória”, disse o experiente atacante, que completou 38 anos no domingo.

A novidade será ainda maior para o quarteto formado por Luiz Henrique, André, Calegari e Gabriel Teixeira. Os quatro jovens atletas simplesmente nunca estiveram em campo profissionalmente diante da torcida. Isso porque eles foram promovidos ao time principal do Flu no meio da pandemia.

“Muito ansioso. A torcida está voltando agora, e estou feliz por viver um bom momento”, diz o atacante Luiz Henrique. “Vai ser um sentimento sem igual, sempre esperei e trabalhei muito por isso, e vou ficar muito feliz com a torcida gritando meu nome”, declarou o artilheiro do time no Brasileirão, com quatro gols. O jogador de 20 anos estreou no profissional em agosto do ano passado.

Dos quatro, apenas Luiz Henrique e André devem ser titulares nesta quarta. Calegari briga pela vaga de titular na lateral-direita com Samuel Xavier, recuperado de dores na coxa esquerda. Outra possível mudança na equipe comandada pelo técnico Marcão é a baixa de Yago Felipe.

O volante sofreu uma pancada no jogo passado, contra o Red Bull Bragantino, e virou dúvida. Se for vetado, o substituto imediato seria Martinelli, que vai cumprir suspensão após ter levado o terceiro cartão amarelo. Wellington deve ser a opção do treinador.

Sustentando uma invencibilidade de sete jogos no Brasileirão, o Flu começa a rodada com 32 pontos, na oitava posição, enquanto o Fortaleza é o quarto da tabela, com 36. A princípio, somente os seis primeiros colocados garantem vaga na Libertadores. Mas o G-6 poderá virar G-9 se os futuros campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana – ambas as competições têm finais totalmente brasileiras – terminarem o Brasileirão nas primeiras colocações.