Será o fim das listas de chamadas recheadas de Valentinas, Enzos e Sofias? Se depender das previsões dos sites gringos sim! Enquanto por aqui, os nomes clássicos ganharam um revival através das escolhas das famosas para seus filhos – olá, Marias e Franciscos! – lá fora, algumas tendências para nomes de bebês começam a se consolidar também e fogem do lugar comum.

Segundo o site especializado Nameberry, 2022 será marcado por uma mescla de diversão e fantasia combinados com temas sérios como esperança e espiritualidade, além de toques de escapismo e aventura. Tudo isso sendo reflexo do momento pandêmico que enfrentamos, onde a humanidade está em busca de iluminação e um recomeço depois de tempos sombrios.

E como a gente sabe como é complicado escolher como a criança vai chamar, fomos buscar mais inspiração para ajudar os papais que estão passando por este momento.

Veja a seguir, algumas modinhas que vão nortear os registros em 2022: 

1. O mundo está lá fora! 

Esta promete ser a tendência mais forte de todas e por uma razão muito simples de entender: depois de tanto tempo isolados em nossas casas por conta da pandemia de coronavírus, tudo que mais queremos é sair para ver o mundo. Por isso, lá fora, os nomes como Catarina ou Zoe, que trazem esperança ou que remetem a viagens estão bombando.

2. Retorno para a natureza

Ainda no caminho pós-pandêmico, os nomes que remetem a elementos da natureza vêm fazendo sucesso entre os pais também por nos ligar ao externo.

Seja do mundo animal, como Leona ou Cauã, ou da flora, como Maia e Yasmin,  existe uma infinidade de nomenclaturas perfeitas para os apreciadores do meio ambiente.

3. Inspiração nas séries queridinhas

Os sites norte-americanos apostam no sucesso da série “Bridgerton” como uma das maiores inspirações para os pais, mas bem sabemos que não precisamos ficar restritos a uma obra só, afinal, o vasto catálogo das plataformas de streaming possuem muitas opções, como Emily (de “Emily in Paris”) ou Jonathan (de “Stranger Things”).

4. Neutros e cheios de significados

Com o maior entendimento sobre gênero e identidade, os nomes não-binários ganham ainda mais espaço e podem ser uma maneira de demonstrar que a criança será acolhida em toda a sua completude e jornada única.

5. Bons votos para o futuro

Mais uma tendência que tem tudo a ver com a pandemia. Os nomes que trazem votos otimistas para o futuro da família também são ótimas opções. Há quem prefira nomenclaturas de anjos ou divindades, outros que querem apenas atrair bons ventos para o ano que inicia.

Fonte: msn.com