Um filhote de elefante-da-sumatra morreu depois de perder metade da sua tromba em uma armadilha de caçadores na Indonésia.

O filhote de um ano foi deixado para trás por seu bando quando ficou preso na armadilha e foi encontrado depois por moradores da cidade de Aceh Jaya. Após encontrarem o filhote, os moradores o levaram para uma entidade de conservação para que ele recebesse cuidados veterinários.

Funcionários da entidade disseram que tentaram salvar a vida do animal amputando parte de sua tromba, mas o bicho acabou pegando uma infecção e morrendo dois dias depois.

“Não conseguimos salvá-lo porque a ferida era muito grave e estava infectada”, diz Agus Arianto, chefe da entidade de conservação Aceh Natural Resources Conservation Agency. “Fizemos o melhor de pudemos para ajudar.”

O filhote que perdeu parte da tromba
Legenda da foto,A perda do filhote é parte de uma série de mortes causadas por caçadores

Ameaçado de extinção

O elefante-da-sumatra é uma espécie considerada criticamente ameaçada de extinção devido ao desmatamento cada vez maior que destrói seus habitats naturais em Bornéu e Sumatra.