O governador Gladson Cameli fez a entrega de 32 novos veículos ao Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf), nesta segunda-feira, 22. Ao todo, os investimentos somam R$ 4,6 milhões e são fundamentais para reforçar a frota do órgão no atendimento a mais de 50 mil agricultores em todas as regiões do estado.

Nesta segunda-feira, 22, o governo do Estado fez a entrega de 32 veículos ao Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf). Investimento de R$ 4,6 milhões, oriundos de recursos próprios Foto: Cleiton Lopes/Secom

Dentre os automóveis, estão 15 caminhonetes (R$ 2,8 milhões), 10 SUVs (R$ 1,1 milhão), 2 vans (R$ 460 mil) e 5 quadriciclos (R$ 167,2 mil). Os veículos adquiridos com recursos próprios do Estado serão utilizados nas mais diversas missões e atribuições da instituição, sobretudo nos trabalhos desempenhados na zona rural.

Durante pronunciamento, o governador Cameli reafirmou o seu compromisso de assegurar o fortalecimento e modernização dos órgãos estaduais, bem como proporcionar melhores condições de trabalho aos servidores públicos.

Automóveis serão utilizados nas mais diversas missões e atribuições do órgão sanitário em todas as regiões do estado Foto: Neto Lucena/Secom

“Desde o início da nossa gestão, temos procurado assegurar os investimentos necessários para valorizar os nossos servidores. A entrega destes veículos é mais uma prova do nosso compromisso com todos eles e eu tenho certeza que contribuirá muito com os excelentes serviços que eles prestam aos nossos produtores rurais”, argumentou.

O presidente do Idaf, Francisco Thun, classificou a entrega como um importante avanço para o órgão. “Esses veículos nos darão um reforço muito grande, principalmente na vigilância sanitária animal e vegetal. Como somos área livre de aftosa sem vacinação, temos que focar na vigilância, já que o risco de termos casos dessa doença aumenta. Por isso, estamos determinados a fazer o nosso melhor para que o Acre permaneça com esse status”, afirmou.

Gestão do governador Gladson Cameli fez história na área de sanidade animal. Desde março deste ano, o Acre é reconhecido internacionalmente como Zona Livre de Aftosa sem Vacinação Foto: Diego Gurgel/Secom

A gestão de Gladson Cameli fez história na área de sanidade animal. Em maio deste ano, a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) reconheceu o Acre como Zona Livre de Febre Aftosa sem Vacinação. A certificação internacional comprova o esforço e dedicação dos profissionais do Idaf para assegurar a qualidade do rebanho acreano. Recentemente, o governo do Estado publicou a convocação de aprovados no cadastro de reserva do concurso do Idaf para reforçar os quadros de médicos veterinários, agrônomos e técnicos em Defesa Agropecuária e Florestal da instituição.

A cerimônia realizada na esplanada do Palácio Rio Branco contou ainda com a participação do secretário de Produção e Agronegócio, Nenê Junqueira; do presidente do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), André Hassem; da deputada federal Vanda Milani; do presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado estadual Nicolau Júnior; do líder do governo na Aleac, deputado estadual Pedro Longo; entre outras autoridades.