Aviso de prorrogação foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (24). Centro de Biotecnologia da Amazônia passará a ser Centro de Bionegócios da Amazônia.
Divulgação
O prazo para entrega de propostas do edital de chamamento público para seleção e qualificação de entidade privada que será responsável pela gestão do novo Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA) foi prorrogado para até o dia 25 de julho.
O aviso de prorrogação foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (24). A decisão do governo federal se dá por intermédio da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME).
A prorrogação foi publicada um dia antes do fim do prazo inicial estipulado para o recebimento das propostas, inicialmente previsto para 25 de junho, e se fez necessária após algumas manifestações de instituições interessadas.
De acordo com o Sepec/ME, a decisão permite, ainda, que sejam esclarecidas mais dúvidas dos interessados em participar do chamamento público, desta forma tornando o processo ainda mais transparente e acessível a todos os que têm demonstrado interesse em gerir o novo CBA.
“A definição pela prorrogação dos prazos para as etapas não concluídas do edital foi tomada em comum acordo entre todos os entes que têm atuado neste processo de chamamento público e, o mais importante, é que não impacta o cronograma completo deste rito tão importante para a bioeconomia amazônica”, destacou o atual gestor do CBA, Fábio Calderaro.
Transparência
Até o momento, instituições interessadas em participar do chamamento público já realizaram manifestações junto à Sepec/ME com o objetivo de dirimir dúvidas variadas acerca do edital.
Todas as solicitações apresentadas – assim como a íntegra do Edital, seus anexos e demais informações – encontram-se no hotsite da Secretaria Especial de Produtividade e Competivividade, bem como estão disponíveis também no site do CBA.
Vídeos mais assistidos do Amazonas