RIO DE JANEIRO, SP (FOLHAPRESS) – No início de maio, o cantor Johnny Hooker, 34 , usou o Twitter para desabafar sobre a situação financeira. Ele reclamou que mesmo com os shows lotados e agenda cheia, o dinheiro que recebia não era suficiente para pagar as contas. Mas, nesta sexta-feira (24), o pernambucano anunciou que estava em Paris. Fez uma escala na capital francesa de sua turnê europeia antes de se apresentar no Rock in Rio Lisboa neste domingo (26), dia também de Anitta, Rebecca e Post Malone. Hooker contou até que fez um show em um espaço bem parecido com um pub, onde trabalhou por um tempo em Recife.

“O lugar do show em Paris parecia o finado UK Pub de Recife. Às vezes, que tenho a certa que morri e estou preso no umbral. Ele é o UK Pub”, revelou Hooker que ainda elogiou os franceses. “Gostei muito. Achei um povo alegre e simpático, tem vida sabe? E fora os ‘xovens’ nas ruas. Todos vestidos chiquérrimos! Quero voltar só para passear”, observou ele.

Recentemente, Johnny Hooker lançou o terceiro álbum da carreira “Orgia” e voltou a levantar a questão sobre as dificuldades de viver da música. “Não há mais demanda pelo meu trabalho. Se é que houve um esboço de alguma algum dia. É preciso saber a hora de se retirar”, escreveu no Twitter. Hooker tinha prometido sair de cena, mas pelo visto voltou atrás.

No último domingo (19), a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) anunciou o cancelamento da apresentação de Hooker no 48º Festival de Inverno de Itabira, Minas Gerais, e ele usou as redes sociais há poucos dias para explicar o motivo de não fazer mais seu show. O evento na cidade mineira estava marcado para o dia 9 de julho. “No momento estou na Europa fazendo uma turnê por sete países, com uma passagem pelo Rock in Rio Lisboa. Estou aqui representando o melhor do Brasil; nossa música, nossa arte e nossa cultura”, começou no comunicado.

Hooker revelou que surgiram novos compromissos e oportunidades e ele teve que estender a viagem. Lamentou o cancelamento da apresentação mineira. “Reitero que a produção do festival foi maravilhosa conosco e tentou até o último momento fazer esse show caber na minha agenda. Peço desculpas aos meus fãs de Itabira. Até breve e viva a cultura e a arte brasileira”, finalizou.