quarta-feira, abril 24, 2024
Famosos

Ivete Sangalo e Rod Stewart fazem show animado, mas parado no tempo

AMANDA CAVALCANTI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Neste sábado, 30, Ivete Sangalo e o cantor britânico Rod Stewart uniram forças pra apresentar o concerto “Legends In Concert” no Allianz Parque, em São Paulo.
“Legends in Concert” é um projeto da produtora Move Concerts que une uma atração nacional e uma internacional de grande porte em palcos do Brasil. Com Sangalo e Stewart, a série de concertos faz sua estreia.

Ivete fez um show de abertura completo com banda e dançarinos e de quase 80 minutos para a plateia do Allianz Parque, que se levantou das cadeiras para acompanhar as cantoras em suas canções mais famosas.

“Arerê” e “Poeira” fizeram dançar os fãs mais animados, e o momento das “românticas”, como definiu Ivete, como “Se Eu Não te Amasse Tanto Assim” e “Quando a Chuva Passar”, mais para o fim do show, foram acompanhados pela plateia em coro.

A cantora ainda parou, na metade do show, para cumprimentar o companheiro de palco e acrescentar: “Vamos nos aquecer, porque na hora do Rod nem eu quero ficar aqui no palco, quero ficar pertinho de vocês”.

O bastão foi então passado para Stewart, que não fazia shows pelo Brasil desde 2015, e o cantor subiu no palco meia hora mais tarde que o programado, às 21h30, num figurino brilhante como o de Ivete.

Ativo desde o final dos anos 1960, ele lançou seu primeiro álbum solo em 1969 e teve muitos singles de sucesso desde então, com quatro alcançando o topo das paradas da Billboard.
A apresentação de Stewart refletiu seu sucesso de muitas décadas e o cantor escolheu alguns de seus maiores hits para performar durante quase duas horas, incluindo “Maggie May”, de 1971, e “Baby Jane”, de 1983, seu último single conseguir o primeiro lugar.

O show, tal qual o sucesso de Stewart nas paradas, é um tanto parado no tempo. Os homens que formam a banda do músico estavam vestidos de paletós brancos e calças pretas justas, a la anos 1960. As dançarinas que o acompanhavam usavam vestidos curtos de glitter que pareciam remeter à moda disco e, quando o cantor performava algum de seus hits dos anos 1980, harmonizavam com os globos de espelho mostrados nos telões.
Mas a plateia, formada majoritariamente por famílias e casais, parecia não se importar. O público seguiu em pé e dançando apesar da chuva que atingiu o Allianz Parque durante a maior parte do show, que arrastou boa parte dos pagantes de cadeiras na pista para as laterais do estádio.

A energia e humor de Stewart ajudaram a manter o clima. Do alto de seus 78 anos, além de cantar, o britânico dança, conversa com a plateia e faz diversas trocas de figurino. Numa delas, ele se vestiu de amarelo e azul para homenagear a bandeira ucraniana, e pediu a “queda de Putin”.

Após as românticas “I Don’t Wanna Talk About It” e “Have I Told You Lately”, o cantor homenageou Tina Turner, morta em maio deste ano, com a faixa “It Takes Two”, de Marvin Gaye e Kim Weston, da qual Turner e Stewart gravaram um cover em 1990.
Na reta final do show, o cantor chamou Ivete algo ao palco para cantar seu famoso hit “Da Ya Think I’m Sexy?”, famosamente processada pelo plágio do cantor Jorge Ben Jor. Após dizer que ser convidada para cantar junto a Stewart era “um sonho”, os dois encerraram o show com a faixa “Sailing”.

Mesmo debaixo de fina chuva, Rod Stewart e Ivete Sangalo tiveram energia o bastante para aquecer o público do Allianz Parque.

Leia Também: Gosto de estar apaixonada, pouco me importa se é homem ou mulher, diz Maria Bethânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *