Decisivo, Endrick celebra brilhar em ‘jogo que gosta’ e Weverton exalta Abel em virada
2 mins read

Decisivo, Endrick celebra brilhar em ‘jogo que gosta’ e Weverton exalta Abel em virada

O Palmeiras ainda está a três pontos do líder Botafogo, mas a virada improvável no Engenhão após sair em desvantagem de 3 a 0 – Tiquinho Soares ainda desperdiçou um pênalti com 3 a 1 – elevou o moral do time. Decisivo, Endrick não conseguiu escondeu a satisfação por brilhar em confronto de peso e o goleiro Weverton, que defendeu ma batida do atacante botafoguense, exaltou o técnico Abel Ferreira.

“É o tipo de jogo que gosto. Meus amigos, meu pai, meus empresários dizem que sou jogador que aparece em hora que está difícil”, disse Endrick, bastante tranquilo após anotar duas vezes na virada por 4 a 3 construída com gol decisivo no último lance, por Murilo.

“Eu gosto de desconstruir as críticas, gosto de mostrar o que sou. Sou um garoto feliz, agora com mais maturidade. Também os conselhos do Weverton que é um cara que vou levar para vida toda”, afirmou o garoto, também elogiando o goleiro pelos conselhos e pela defesa decisiva e importante no pênalti.

O goleiro acompanhou as palavras do garoto e depois fez questão de revelar como veio a virada. “A gente cansa de falar do Abel, mas vamos ter de falar de novo. Chegamos para o intervalo abatidos porque não é normal tomar três gols no primeiro tempo. Ele disse: ‘pior do que isso vocês não vão fazer. Perdemos o primeiro, vamos ganhar o segundo’. Foi vital para voltar a confiança e conseguir essa virada histórica”, disse o goleiro.

Depois de falhar em dois gols do Botafogo, Weverton se redimiu ao “deixar” o Palmeiras vivo no jogo com a defesa de pênalti. A volta por cima do time deixou o goleiro radiante após a partida. “Saímos felizes pela vitória, foi uma grande partida de futebol”, exaltou. “Pontos corridos dá essa emoção também e vamos continuar nossa caminhada jogo a jogo, mas agora é descansar”, disse. No sábado, às 21h30, a equipe recebe o Athletico-PR, na Arena Barueri.

Leia Também: Darlan salva de novo, Brasil vence Cuba e vai à semi do Vôlei no Pan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *