sexta-feira, março 1, 2024
Esportes

Em busca da reabilitação, Botafogo encara o Goiás para manter a paz no Brasileirão

Líder absoluto desde a terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo começou a oscilar na temporada. Após três derrotas seguidas, para Flamengo (2 a 1), Atlético-MG (1 a 0) e Corinthians (1 a 0), o time carioca busca a reabilitação nesta segunda-feira, quando receberá o Goiás, no Engenhão, às 20h, no Rio de Janeiro, pelo encerramento da 25ª rodada.

Além destas derrotas, o Botafogo também vem de revés na Copa Sul-Americana, quando acabou eliminado pelo Defensa y Justicia-ARG. Ao todo são quatro jogos sem vencer e nesse meio tempo, o técnico português Bruno Lage até chegou a colocar o cargo à disposição, numa tentativa de blindar o elenco. Ele voltou atrás da decisão depois.

Para mudar esse clima, o time até realizou um treino aberto no sábado, que contou com mais de sete mil torcedores, em clima descontraído e de apoio. O objetivo é aproveitar este ambiente de confiança para continuar firme à frente dos concorrentes ao título. Na tabela, o Botafogo ainda segue com boa margem para os rivais, com 51 pontos.

Já o Goiás faz um trajetória inverso. O time do Centro-Oeste vem de empate sem gols com o Flamengo e figura na zona de rebaixamento, com 26 pontos. A queda na tabela se deu após a goleada do Santos sobre o Vasco, por 4 a 1, que deixou o clube paulista com 27 pontos, em 15º.

O técnico Bruno Lage terá apenas um desfalque. Expulso contra o Corinthians, o lateral Marçal cumpre suspensão automática e está fora. Em alta após a renovação, Hugo assume o lado esquerdo. O treinador carrega mais duas dúvidas: no ataque, Segovinha e Luís Henrique duelam por uma vaga ao lado de Tiquinho Soares e Victor Sá. No meio-campo, a disputa é entre Tchê Tchê e Gabriel Pires.

Goleiro da seleção brasileira e pilar da campanha, Lucas Perri minimizou a oscilação no campeonato: “Temos que buscar sempre o equilíbrio. Temos consciência de que vamos oscilar durante o ano, nem sempre os resultados virão a nosso favor. Vínhamos de uma sequência muito boa de 17 jogos e sofremos uma derrota no clássico e depois em dois jogos difíceis fora de casa. Temos que manter a serenidade, fazer um jogo equilibrado na segunda e buscar os três pontos”, disse o goleiro.

De outro lado, o técnico Armando Evangelista não contará com dois jogadores no Goiás. Por força de contrato, pois pertence ao Botafogo, o volante Luís Oyama está fora. O meia Julián Palácios está suspenso pelo terceiro amarelo.

Em contrapartida, o volante Willian Oliveira e o atacante João Magno voltam depois de recuperados de uma virose. Outra novidade pode ser o lateral-esquerdo Sander, recuperado de lesão, mas a tendência é que comece no banco de reservas, com Hugo seguindo entre os titulares.

Evangelista também minimizou a oscilação do Botafogo e revelou parte da sua estratégia para parar o líder do campeonato. “Não deixa de ser o líder. Continuam a ter seus objetivos e todos nós sabemos que querem ser campeões. Vão jogar em casa, por isso, sei que teremos dificuldades, mas cabe a nós também criar dificuldades e levar o jogo para onde a gente pretende”, afirmou o treinador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *