sexta-feira, dezembro 1, 2023
Esportes

Brasil conquista ouro com Renan Gallina nos 200m e nos 4x100m; Ana Carolina é bronze

Renan Gallina conquistou a medalha de ouro para o Brasil nos 200m dos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile. O velocista, de apenas 19 anos, completou o percurso em 20s37, liderando a prova do início ao fim. José Arnaldo Gonzalez, da República Dominicana, ficou com a prata, enquanto Nadale Buntin, de São Cristóvão e Névis, terminou com o bronze.

Gallina é o atleta mais jovem campeão do atletismo em Santiago. Ele repetiu o feito de outros dois brasileiros, que também venceram os 200m. São eles: Robson Caetano, em 1991, e Claudinei Quirino da Silva, em 1999.

O brasileiro voltou às pistas para a prova dos 4x100m masculino. Gallina fechou a prova e confirmou mais uma medalha de ouro para o Brasil, que contou também com Rodrigo do Nascimento, Erik Felipe Barbosa e Felipe Bardi. A equipe nacional fechou em primeiro lugar com 38s68, à frente de Cuba, com 39s26, e Argentina, que ficou com a medalha de bronze, com 39s48.

Nos 200m feminino, Ana Carolina de Jesus conquistou a medalha de bronze ao terminar a prova em terceiro lugar, atrás apenas da campeã Marileidy, da República Dominicana, e da medalhista de prata, a cubana Yunisleidy De La Caridad.

Na prova 4x100m feminino, o Brasil acabou em quinto lugar. O ouro foi de Cuba, que ficou à frente de Chile, República Dominicana e Equador.

GINÁSTICA RÍTMICA

Após Barbara Domingos e Duda Alexandre conquistarem as primeiras medalhas para o Brasil no individual nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile, com ouro e bronze, respectivamente, a equipe brasileira voltou ao lugar mais alto do pódio na disputa por equipes.

Representaram o Brasil na disputa Bárbara Galvão, Gabriella Castilho, Giovanna Oliveira, Vitória Borges e Nicole Duarte. Elas somaram 64.450 pontos para o país. O México ficou com a prata, com 61.750, contra 58.300 dos Estados Unidos, em terceiro.

A equipe brasileira disputará nesta sexta-feira a decisão dos cinco arcos. Já no sábado, a final é da coreografia mista. A expectativa é de mais medalhas para o Brasil.

SALTO COM VARA

Juliana de Menis bateu na trave e ficou muito próxima de conquistar uma medalha no salto com vara. Ela ficou no 4º lugar. Isabel DeMaco terminou em nono lugar, à frente de Beatriz Chagas, em décimo. O ouro foi conquistado pela americana Bridget Williams. Mariley Robeilys Peinado, da Venezuela, conquistou a prata, e Aslin Quiala, com a medalha de bronze.

ARREMESSO DE PESO

No arremesso de peso, Ana Caroline da Silva terminou a competição com um quinto lugar. O ouro foi de Dawn Sarah Mitton, do Canadá. Angelica Rosa Ramirez, de Porto Rico, ficou com a prata e a americana Adelaide Aquilla conquistou a medalha de bronze.

BASQUETE

O Brasil avançou à semifinal do basquete masculino ao derrotar Porto Rico, nesta quinta-feira, por 72 a 69, em um duelo muito equilibrado do início ao fim. A vaga na final será disputada diante da Venezuela.

Leia Também: Isaquias Queiroz vence bateria e vai à final na canoagem; polo aquático feminino está na semi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *