domingo, março 3, 2024
Mundo

Casal estuprava filha de meses e oferecia-a a terceiros para relações

O Corpo Nacional de Polícia predeu, em Madrid, na Espanha, um casal, suspeito de agredir sexualmente a própria filha de apenas alguns meses. Os suspeitos mantinham conversas nas quais trocavam ficheiros de pornografia infantil e o homem chegou a oferecer a criança a terceiros para relações sexuais.

Em comunicado, nesta terça-feira, a polícia revela que tudo começou quando agentes da Unidade Central de Cibercrimes e em em colaboração com o HSI (Homeland Security Investigations) dos Estados Unidos, “detectaram uma pessoa que compartilhou imagens de exploração sexual de menores de idade através de diferentes redes sociais”.

Os policiais conseguiram identificar a pessoa em questão e, ao investigarem, descobriram que o indivíduo “tinha acabado de ter uma filha com a companheira”.

Ao recolherem provas e ao detectarem que o homem já tinha estado preso “por fatos semelhantes”, os polícias solicitaram um mandado de busca à casa do suspeito, onde “foram encontradas evidências” de que o detido não só descarregou conteúdos de pornografia infantil, “como também os divulgou a terceiros”.

“O apartamento onde se encontravam a mãe, o pai e o menor estava em péssimo estado, pelo que os agentes denunciaram o fato aos serviços sociais da Comunidade de Madrid, que retiraram a custódia [da criança] aos pais algumas semanas depois”, informa a mesma nota.

Ao analisarem o material apreendido, os polícias “encontraram vídeos em que o detido agredia sexualmente a filha, além de diversas conversas em que oferecia a bebê a terceiros para sexo”. Além disso, “a mãe da menor também foi presa por supostamente ter trocado arquivos de pornografia infantil com o companheiro e pai da menina”.

A polícia revelou que o homem ficou em prisão preventiva, mas não disse qual a medida de coação aplicada à mulher, embora a imprensa espanhola avance que ela ficou em liberdade.

O diário ABC escreve ainda que ambos têm nacionalidade espanhola, embora o homem tenha nascido na Venezuela. Ele tem 25 anos e ela 23. A bebê teria 6/7 meses nas imagens que gravaram enquanto estupravam a criança.

Leia Também: Nobel de Física vai para trio que decifrou movimentos dos elétrons em frações de segundos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *