sexta-feira, março 1, 2024
Famosos

Steven Tyler é processado por novo suposto caso de abuso sexual nos anos 1970

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor Steven Tyler, 75, líder da banda de rock Aerosmith, está sendo processado por uma pessoa que o acusa de abuso sexual. De acordo com documentos obtidos pelo TMZ, a ação que corre na Justiça tem como autora uma mulher que em 1975 tinha 17 anos e alega ter sido beijada e apalpada numa cabine telefônica de Nova York sem consentimento.

Conforme a publicação, Jeanne Bellino era uma modelo menor de idade na ocasião que conheceu Tyler e a banda durante um encontro numa festa promovido por um amigo. Ela diz que estava andando pela 6ª Avenida com Tyler e sua comitiva quando fez um comentário sobre uma letra de uma música dele. Em seguida, o músico a teria jogado em uma cabine e a beijado à força.

Segundo o documento, Tyler a teria prendido contra a parede e começado a “fingir que eles faziam sexo” durante um momento de excitação.

Após deixar o local, ela afirma que foi para um quarto de hotel com Tyler. E que ele teria repetido as atitudes, apalpando-a e simulando um ato sexual enquanto ela estava vestida. A jovem, então, fugiu do hotel.

No processo, Bellino afirma que até hoje precisa de medicamentos para controlar as consequências do trauma que teria sofrido. Procurado, Steven Tyler não respondeu à reportagem.

OUTRO CASO

No fim de 2022, Tyler foi acusado de abusar sexualmente de outra menor de idade nos anos 1970 e de forçá-la a fazer um aborto, segundo a revista Rolling Stone.

No processo obtido pela revista, Julia Holcomb acusa o músico de abuso e agressão sexual, além de imposição intencional de sofrimento emocional. Ela alega que Tyler convenceu a mãe dela a conceder sua tutela a ele quando Holcomb tinha 16 anos –o que permitiu com que ela vivesse com ele e tivesse relações sexuais.

Julia diz que eles ficaram juntos entre 1973 e 1976. Apesar de o processo não citar o nome de Steven Tyler diretamente, a mulher já havia falado sobre o relacionamento antes e o próprio processo traz citações de um livro de memórias do músico.

Na obra, sem citar nomes, Tyler fala sobre “quase ter tido uma noiva adolescente” e que “os pais dela se apaixonaram por mim e assinaram um documento de custódia para que eu não fosse preso se a levasse para fora do estado. Eu a levei em turnê comigo”.

Segundo o processo, Tyler a teria levado para seu quarto de hotel, onde discutiram. Ele supostamente “realizou vários atos de conduta sexual criminosa” antes de mandá-la de volta para casa em um táxi.

Julia diz ter engravidado de Steven Tyler em 1975, aos 17 anos, e que realizou um aborto após ele ameaçar parar de bancá-la financeiramente.

Leia Também: Filhos de famosos que ficaram mais famosos que os próprios pais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *