segunda-feira, maio 20, 2024
Tecnologia

Com Twitter em ‘queda’, Musk ameaça processar ‘Liga Antidifamação’

O empresário multimilionário Elon Musk ameaçou processar a organização de direitos civis Liga Antidifamação por, supostamente, tentar levar à falência a rede social X (ou Twitter).

“Desde a aquisição que a Liga Antidifamação tem tentado encerrar esta plataforma ao acusar falsamente a plataforma e a mim de sermos antissemitas”, afirmou Musk numa publicação compartilhada na rede social. O empresário havia notado antes que, apesar de ser favorável a liberdade de expressão, é “contra qualquer tipo de antissemitismo”.

O empresário adiantou ainda que, nos EUA, a receita proveniente da publicidade caiu 60% – uma situação que Musk diz estar relacionada com a pressão provocada pela Liga Antidifamação.

“Se isto continuar, não teremos escolha a não ser submeter um processo de difamação contra, ironicamente, a Liga Antidifamação”, escreveu Musk. “Se perderem o processo, vamos insistir para que deixem de ter a parte ‘anti’ no nome deles”.

Since the acquisition, The @ADL has been trying to kill this platform by falsely accusing it & me of being anti-Semitic

— Elon Musk (@elonmusk) September 4, 2023

Our US advertising revenue is still down 60%, primarily due to pressure on advertisers by @ADL (that’s what advertisers tell us), so they almost succeeded in killing X/Twitter!

— Elon Musk (@elonmusk) September 4, 2023

If this continues, we will have no choice but to file a defamation suit against, ironically, the “Anti-Defamation” League.

If they lose the defamation suit, we will insist that they drop the the “anti” part of their name, since obviously …

— Elon Musk (@elonmusk) September 4, 2023

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *