segunda-feira, maio 20, 2024
Destaques

No Dia da Amazônia, Marina Silva celebra redução de 42% no desmatamento

Em sessão de homenagem ao Dia da Amazônia, comemorado em 5 de setembro, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, ressaltou a queda de 42% no desmatamento do bioma amazônico nos primeiros sete meses de governo.

 

Marina Silva afirmou ainda que houve estabilização do desmatamento no Cerrado, que estava em tendência de alta, e redução de mais de 50% no desmatamento na Mata Atlântica. Segundo a ministra, essas conquistas são fruto de “muito esforço”, como o aumento de quase 200% na capacidade de fiscalização dos órgãos ambientais.

 

No entanto, Marina Silva sustentou que o objetivo do governo não é apenas combater queimadas e desmatamentos, mas criar um novo modelo de desenvolvimento.

 

“O que nós queremos não é apenas fazer com que haja redução do desmatamento por ação de comando e controle do Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis], da Polícia Federal e dos órgãos ambientais. Nós queremos é um novo modelo de desenvolvimento sustentável, que considere a bioeconomia, que respeite as populações locais.”

 

Para isso, Marina Silva afirmou que o ministro da Economia, Fernando Haddad, está coordenando a transição ecológica do País. Segundo ela, o governo acaba de implantar o plano de prevenção de controle do desmatamento na Amazônia e vai fazer o mesmo para os demais biomas brasileiros, como Cerrado e Caatinga.

 

A ministra do Meio Ambiente ressaltou outras ações governamentais voltadas à economia sustentável. “A retomada da demarcação de terras indígenas, a retomada da criação de unidades de conservação e que a gente possa fazer com que as políticas ambientais sejam aquilo que o presidente Lula tem priorizado, que nós vamos fortalecer a nossa democracia, combater as desigualdades, mas com sustentabilidade, respeitando as populações tradicionais.”

 

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *